ACT Institute | O ACT Institute Brasil é o Maior Instituto de Hipnose do mercado e referência internacional em Hipnose Ericksoniana. Dr Stephen Paul Adler, PhD, seu presidente-fundador, é discípulo de Milton Erickson, sendo o único trainer habilitado por ele em toda a América Latina.

O SEGREDO CLÍNICO DA ESTRATÉGIA METAFÓRICA.

O SEGREDO CLÍNICO DA ESTRATÉGIA METAFÓRICA.

“A FORÇA DA METÁFORA ESTÁ EM SUA RIQUEZA SIMBÓLICA”

 

A palavra segredo tem sua origem no latim “SECRETUS”, que vai significar aquilo que está “a parte, oculto e isolado”.

Propositalmente escolhi iniciar nosso texto pelo uso dessa palavra, em relação a estratégia da metáfora, para semear a curiosidade quanto a todos os usos possíveis dessa estratégia, que em grande parte das vezes passa isolado do interessado em Hipnose Ericksoniana, mas que são sumamente importantes para trabalhar várias demandas clínicas.

Sabemos que as metáforas formam todo o conjunto de histórias, lendas, contos, poemas, mitos que compartilhamos com nosso cliente visando, através do simbolismo que está presente em seu contexto, ativar as associações da mente inconsciente.

 

“O INCONSCIENTE PRODUZ TRANSFORMAÇÕES ATRAVÉS DOS ESTÍMULOS SIMBÓLICOS”

 

As metáforas como consequência de sua complexidade simbólica ( ou seja, uma ampla concentração de simbolismos), apresentam a propriedade de potencializar em uma grande profundidade e variedade de informações, os estímulos que serão produzidos pela mente inconsciente.

Obedecendo a estrutura da Filosofia de Erickson, que afirma que as informações da mente inconsciente trazem recursos para superar as demandas clínicas, através de um dinamismo que tende a ser ativado através da linguagem indireta, a metáfora acaba sendo um instrumento amplamente usado, não apenas pela sua riqueza simbólica, mas por sua flexibilidade de uso em variados contextos clínicos.

A seguir irei abordar os contextos que marcam as possibilidades de  uso da metáfora:

  1. Exploração e simbolização do implícito
  2. Campo relacional
  3. Transe Terapêutico
  4. Sedimentação das aprendizagens

 

EXPLORAÇÃO E SIMBOLIZAÇÃO DO IMPLÍCITO

 

Uma das tarefas mais importantes de todo terapeuta Ericksoniano é a sua capacidade de explorar, acessar e simbolizar as informações implícitas.

O implícito são os significados profundos que estão na base daquilo que os clientes pensam, sentem e fazem.

 

“AO METAFORAR NOSSOS PROBLEMAS PODEMOS LIBERTAR NOSSAS DIFICULDADES DAS CIRCUNSTÂNCIAS PARA PODER EXPLORAR SEUS SIGNIFICADOS MAIS PROFUNDOS”

 

Quando acessamos as informações implícitas acabamos, com consequência dessa compreensão, tendo clareza que qual ou quais são as necessidades que estão na base das demandas dos clientes e, dessa forma, qual ou quais devem ser os direcionamentos terapêuticos a serem construídos clinicamente.

Um dos usos que a metáfora pode ter, é como corpo um simbólico para o cliente vestir, com a história construída,  uma representação do seu problema.

Ao realizarem essa representação metafórica de suas dificuldades, é possível ao explorar o corpo da história, direcionando a percepção do cliente para dialogar com os personagens e circunstâncias da mesma,  explorar e compreender significados mais profundos sobre suas necessidades a serem trabalhadas.

A metáfora como vestimenta do problema do cliente, é um excelente recurso para retirar suas dificuldades das circunstancias (por exemplo: tenho medo de cachorros) em que os mesmos estão envolvidos e representar na história os temas gerais de desempoderamento que fazem parte de suas dificuldades internas (por exemplo: compreender no corpo da história que o medo faz menção a um personagem que sente o mundo como um “lugar inseguro”).

Essa construção não apenas evidencia os elementos mais importantes, os aspectos mais decisivos da problemática de uma pessoa que merece o nosso foco mas, ao explorar a fantasia da metáfora, explorar e compreender novas informações no corpo da história que nos ajudam a ter consciência de elementos mais profundos (informações implícitas)

 

CAMPO TRANSFORMACIONAL

 

“AS METÁFORAS SÃO EXCELENTES INSTRUMENTOS PARA MELHORAR A RELAÇÃO CLIENTE E TERAPEUTA”

 

O campo transformacional é a condição  de qualidade relacional  que é construído entre terapeuta e cliente,  visando favorecer um contexto de segurança e acolhimento clínico.

Quando presente ele tende a gerar abertura da pessoa às informações que o terapeuta quer compartilhar (sugestões indiretas) permitindo que as estratégias gerem efeitos mais profundos.

Também como consequência de um ambiente que gera segurança, o cliente tende a se abrir mais perante o seu mundo interior, favorecendo construir um maior grau de interiorização e, por causa disso, um maior grau de aprofundamento nos estados de transe.

 

“ATRAVÉS DAS METÁFORAS GERAMOS PRAZER E ENTREGAMOS INFORMAÇÕES QUE AMPLIAM O SENTIMENTO DE SEGURANÇA DO CLIENTE”

 

O uso de metáforas, por apresentar uma linguagem familiar e prazerosa (quem não gosta de ouvir boas histórias não é mesmo?!) tende a irrigar ao campo relacional informações de descontração e prazer, que contribuem em muito para sua qualificação.

Também o próprio uso das metáforas, entregando através de suas histórias mensagens que trabalham questões importantes que foram observadas serem necessárias, para que a pessoa possa se sentir mais segura no processo clínico, tende a estimular o ambiente terapêutico com recursos que melhoram a confiança na experiência terapêutica.

Esses dois itens colocados acima, de exploração e simbolização do implícito e construção de um campo transformacional, já garantem resultados muito importantes para auxiliarmos na construção da clínica Ericksoniana.

Semana que vem estarei falando sobre o uso das metáforas dentro do transes terapêuticos e sua aplicação para sedimentar aprendizagens.

O ACT Institute possui todo um planejamento educativo, através dos cursos de Iniciação e Intermediário, assim como dos Avançados, para te auxiliar a desenvolver e aplicar o uso das metáforas na qualificação e aceleração dos seus resultados terapêuticos.

Newsletter ACT

Ao informar e enviar os meus dados eu aceito receber comunicados do ACT Institute, e concordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade.

 

ACT nas mídias sociais