ACT Institute | O ACT Institute Brasil é o Maior Instituto de Hipnose do mercado e referência internacional em Hipnose Ericksoniana. Dr Stephen Paul Adler, PhD, seu presidente-fundador, é discípulo de Milton Erickson, sendo o único trainer habilitado por ele em toda a América Latina.

COMO SE TORNAR REFERÊNCIA COMO HIPNOTERAPEUTA

Se tornar referência como hipnoterapeuta é o sonho que qualquer profissional que escolheu essa profissão, mas assim como em qualquer profissão, isso requer conhecer os pontos mais importantes em que se deve focar para ter sucesso e ser de fato um profissional referência.

Mas o que será que é mais importante? Onde será que você deve focar? Será que deve fazer mais cursos, aprender mais ferramentas e técnicas, investir em anúncios na internet? O que será que falta?

Será que você já não tem conhecimento e recursos suficientes para começar seus atendimentos e fazê-los com excelência?

 

“É na simplicidade que as mudanças acontecem.”
Stephen Paul Adler –

 

Você não precisa de um baú mágico ou uma cartola com mil recursos e um protocolo “engessado” a ser seguido para fazer um atendimento incrível. Também não precisa buscar um transe revolucionário ou uma metáfora super transformadora que funcionou mil vezes com mil pessoas. Antes de qualquer coisa, você precisa estar aberto a aprender a aprender com seu cliente.

Em qualquer atendimento que você faça no seu consultório, de forma presencial ou online, o mais importante é que você faça mais do que apenas ouvir o seu cliente, você precisa ESCUTAR

 

“Uma sessão de terapia bem sucedida acontece
quando o cliente sai se sentindo empoderado e o terapeuta
sai se sentindo despretensioso e humilde.”

Stephen Paul Adler –

 

Ouvir é um processo mais inerente à sua vontade, é natural e está ligado ao sentido da audição. Você não tem como controlar, a menos que tape os ouvidos. Já o escutar é uma ação que depende da sua disposição e vontade de realmente se conectar, prestar atenção ao que o outro diz, buscando entender o que está sendo dito (com e sem palavras), assimilando o conteúdo do diálogo do começo ao fim.

 

Linguagem ericksoniana é a linguagem na qual
a alma escuta enquanto o outro fala.

Stephen Paul Adler – 

 

Escutar é uma habilidade treinável e importantíssima para qualquer processo terapêutico. E não pense que as pessoas não percebem quando você apenas ouve o que elas dizem mas não escuta com atenção, porque elas percebem. Então quando seu cliente falar, esteja presente para ele e para tudo o que ele diz em palavras, gestos, olhares, respiração, postura corporal… Pratique o OBSERVAR.

A observação é um segundo ponto importantíssimo de você realizar em uma sessão de hipnoterapia. O corpo das pessoas e o nosso próprio corpo se comunica com a gente e com o mundo o tempo todo. Como profissionais do desenvolvimento humano e área da saúde, uma de nossas habilidades durante os atendimentos deve ser a prática da observação, ACOMPANHAR nosso cliente do momento em que ele chega ao nosso consultório até o momento em que ele sai, 

Além disso, existem ainda outros 03 recursos fundamentais que merecem atenção especial para que você sirva de instrumento de mudança e transformação na vida do seu cliente: 

 

  1. CONDUZIR – Essa é exatamente a sua missão durante todo o processo do seu cliente, da hora que ele chega ao seu consultório ao momento em que ele encerra o processo com você. A cada sessão, seu papel como terapeuta é justamente conduzir o cliente em sua jornada de mudança, transformação e cura, guiando seus passos por meio da linguagem ericksoniana, que trabalha com sugestões e ao mesmo tempo fazendo a VALIDAÇÃO de tudo o que o cliente fala. 

  

  1. VALIDAR – É um recurso essencial nos atendimentos de qualquer hipnoterapeuta que vise a resolução das questões do cliente. A validação nada mais é do que repetir para o cliente o que ele acabou de dizer, como forma de organizar e “traduzir” pensamentos e sentimentos para verificar se o que foi dito pelo cliente e compreendido pelo terapeuta está alinhado. Isso abre portas para que o terapeuta crie possibilidades de caminhos para o cliente e apresente essas possibilidades como sugestões, sempre validando com o cliente sobre qual caminho ele se sente mais confortável em seguir. 

 

  1. RESPEITAR – Existe uma frase do Dr. Stephen que diz “só vá tão rápido quanto a sua parte mais lenta se sentir segura em ir”  e uma outra frase que diz “o cliente só vai até onde o terapeuta for capaz de guiá-lo”. Nesse caso, o ensinamento que fica é: não acelere o processo. Você como terapeuta tem um ritmo de condução das sessões e elas precisam caminhar no ritmo do cliente. Cada pessoa tem um tempo, um processo a ser percorrido para dar o próximo passo e esse tempo de processo é único. Como terapeuta, sua missão é guiar o cliente na jornada de cura, incentivá-lo a dar o próximo passo, mas sem apressar o processo. Respeitar o processo do seu cliente é um recurso poderoso para gerar conexão, segurança e confiança durante as sessões. 

 

Um outro ponto que é sempre válido lembrar é que provas sociais, gravações em vídeo e mensagens de clientes agradecendo por seu atendimento, relatando sobre como foi o processo com você e validando sua expertise é sempre uma excelente forma de trabalhar seu marketing pessoal e o da sua empresa. 

A melhor propaganda é aquela que acontece quando o cliente e as pessoas ao redor dele percebem a mudança pela qual ele passou. As pessoas geralmente ficam curiosas para saber quem ajudou, e então, essa é a hora em que você é mencionado e passa a ser referência no que faz.

Faça o melhor que puder por seus clientes, trate cada caso como um caso especial e único, porque é assim que as pessoas são. Cada pessoa tem uma história de vida, uma experiência, uma dor e por mais que o diagnóstico seja o mesmo, por exemplo “depressão”, o caminho para fora desse estado emocional é único para cada pessoa. Suas histórias de sucesso o ajudarão a se tornar referência.

Agora que você já sabe Como se tornar uma referência como hipnoterapeuta, eu te convido a aprender de forma muito simples, Como realizar um processo terapêutico eficiente.

Se tornar referência como hipnoterapeuta é o sonho que qualquer profissional que escolheu essa profissão, mas assim como em qualquer profissão, isso requer conhecer os pontos mais importantes em que se deve focar para ter sucesso e ser de fato um profissional referência.

Mas o que será que é mais importante? Onde será que você deve focar? Será que deve fazer mais cursos, aprender mais ferramentas e técnicas, investir em anúncios na internet? O que será que falta?

Será que você já não tem conhecimento e recursos suficientes para começar seus atendimentos e fazê-los com excelência?

 

“É na simplicidade que as mudanças acontecem.”
Stephen Paul Adler –

 

Você não precisa de um baú mágico ou uma cartola com mil recursos e um protocolo “engessado” a ser seguido para fazer um atendimento incrível. Também não precisa buscar um transe revolucionário ou uma metáfora super transformadora que funcionou mil vezes com mil pessoas. Antes de qualquer coisa, você precisa estar aberto a aprender a aprender com seu cliente.

Em qualquer atendimento que você faça no seu consultório, de forma presencial ou online, o mais importante é que você faça mais do que apenas ouvir o seu cliente, você precisa ESCUTAR

 

“Uma sessão de terapia bem sucedida acontece
quando o cliente sai se sentindo empoderado e o terapeuta
sai se sentindo despretensioso e humilde.”

Stephen Paul Adler –

 

Ouvir é um processo mais inerente à sua vontade, é natural e está ligado ao sentido da audição. Você não tem como controlar, a menos que tape os ouvidos. Já o escutar é uma ação que depende da sua disposição e vontade de realmente se conectar, prestar atenção ao que o outro diz, buscando entender o que está sendo dito (com e sem palavras), assimilando o conteúdo do diálogo do começo ao fim.

 

Linguagem ericksoniana é a linguagem na qual
a alma escuta enquanto o outro fala.

Stephen Paul Adler – 

 

Escutar é uma habilidade treinável e importantíssima para qualquer processo terapêutico. E não pense que as pessoas não percebem quando você apenas ouve o que elas dizem mas não escuta com atenção, porque elas percebem. Então quando seu cliente falar, esteja presente para ele e para tudo o que ele diz em palavras, gestos, olhares, respiração, postura corporal… Pratique o OBSERVAR.

A observação é um segundo ponto importantíssimo de você realizar em uma sessão de hipnoterapia. O corpo das pessoas e o nosso próprio corpo se comunica com a gente e com o mundo o tempo todo. Como profissionais do desenvolvimento humano e área da saúde, uma de nossas habilidades durante os atendimentos deve ser a prática da observação, ACOMPANHAR nosso cliente do momento em que ele chega ao nosso consultório até o momento em que ele sai, 

Além disso, existem ainda outros 03 recursos fundamentais que merecem atenção especial para que você sirva de instrumento de mudança e transformação na vida do seu cliente: 

 

  1. CONDUZIR – Essa é exatamente a sua missão durante todo o processo do seu cliente, da hora que ele chega ao seu consultório ao momento em que ele encerra o processo com você. A cada sessão, seu papel como terapeuta é justamente conduzir o cliente em sua jornada de mudança, transformação e cura, guiando seus passos por meio da linguagem ericksoniana, que trabalha com sugestões e ao mesmo tempo fazendo a VALIDAÇÃO de tudo o que o cliente fala. 

  

  1. VALIDAR – É um recurso essencial nos atendimentos de qualquer hipnoterapeuta que vise a resolução das questões do cliente. A validação nada mais é do que repetir para o cliente o que ele acabou de dizer, como forma de organizar e “traduzir” pensamentos e sentimentos para verificar se o que foi dito pelo cliente e compreendido pelo terapeuta está alinhado. Isso abre portas para que o terapeuta crie possibilidades de caminhos para o cliente e apresente essas possibilidades como sugestões, sempre validando com o cliente sobre qual caminho ele se sente mais confortável em seguir. 

 

  1. RESPEITAR – Existe uma frase do Dr. Stephen que diz “só vá tão rápido quanto a sua parte mais lenta se sentir segura em ir”  e uma outra frase que diz “o cliente só vai até onde o terapeuta for capaz de guiá-lo”. Nesse caso, o ensinamento que fica é: não acelere o processo. Você como terapeuta tem um ritmo de condução das sessões e elas precisam caminhar no ritmo do cliente. Cada pessoa tem um tempo, um processo a ser percorrido para dar o próximo passo e esse tempo de processo é único. Como terapeuta, sua missão é guiar o cliente na jornada de cura, incentivá-lo a dar o próximo passo, mas sem apressar o processo. Respeitar o processo do seu cliente é um recurso poderoso para gerar conexão, segurança e confiança durante as sessões. 

 

Um outro ponto que é sempre válido lembrar é que provas sociais, gravações em vídeo e mensagens de clientes agradecendo por seu atendimento, relatando sobre como foi o processo com você e validando sua expertise é sempre uma excelente forma de trabalhar seu marketing pessoal e o da sua empresa. 

A melhor propaganda é aquela que acontece quando o cliente e as pessoas ao redor dele percebem a mudança pela qual ele passou. As pessoas geralmente ficam curiosas para saber quem ajudou, e então, essa é a hora em que você é mencionado e passa a ser referência no que faz.

Faça o melhor que puder por seus clientes, trate cada caso como um caso especial e único, porque é assim que as pessoas são. Cada pessoa tem uma história de vida, uma experiência, uma dor e por mais que o diagnóstico seja o mesmo, por exemplo “depressão”, o caminho para fora desse estado emocional é único para cada pessoa. Suas histórias de sucesso o ajudarão a se tornar referência.

Agora que você já sabe Como se tornar uma referência como hipnoterapeuta, eu te convido a aprender de forma muito simples, Como realizar um processo terapêutico eficiente.