ACT Institute | O ACT Institute Brasil é o Maior Instituto de Hipnose do mercado e referência internacional em Hipnose Ericksoniana. Dr Stephen Paul Adler, PhD, seu presidente-fundador, é discípulo de Milton Erickson, sendo o único trainer habilitado por ele em toda a América Latina.

COMO CULTIVAR O AUTOCUIDADO EMOCIONAL

COMO CULTIVAR O AUTOCUIDADO EMOCIONAL

 

Autocuidado. Quantas vezes não ouvimos falar sobre práticas que beneficiam nossa saúde mental e, consequentemente, nossa capacidade de gerenciar nossas emoções? Inúmeras!

Cuidar do nosso estado interno, das nossas emoções e pensamentos é essencial para que tenhamos uma vida mais harmônica. Nesse cuidar, inclui-se o fato de aceitar que emoções positivas e negativas fazem parte da nossa vida, que nenhuma delas está eternamente no controle de quem somos.

Quando desenvolvemos a capacidade de olhar para dentro, entender como nos sentimos e qual emoção está direcionando nossos pensamentos e ações no momento, fica mais fácil lidar com elas e gerenciá-las.

Olhar para dentro e cultivar o autocuidado emocional requer alguns movimentos, algumas ações que você pode adotar diariamente para desenvolver uma relação mais positiva com seu eu interior. 

 

1. TENHA QUALIDADE DE SONO

Procure desfrutar de uma média de 8h de sono por noite. O autocuidado emocional começa com a qualidade do seu descanso. Dormir mal ou em quantidade insuficiente de horas pode despertar sensação de cansaço, de baixa energia, de mau humor, além de falhas de memória e concentração.

2. PRATIQUE ATIVIDADES FÍSICAS REGULARMENTE

Praticar atividades físicas regularmente aumenta nosso condicionamento físico, aumenta nossa resistência e diminui o índice de doenças, o que por si só, já beneficia muito nossa saúde mental, afinal de contas, corpo e mente estão sempre em sintonia. Além disso, a prática de atividades físicas aumenta a produção de endorfina e serotonina no corpo, que são os hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar, vitalidade e satisfação.

3. COLOQUE-SE EM PRIMEIRO LUGAR E DIGA MAIS “NÃOS”

Problemas emocionais geralmente acontecem porque assumimos mais compromissos do que somos capazes de dar conta. Isso nos sobrecarrega e com a sobrecarga vem o estresse, a ansiedade, a depressão e, em casos mais extremos, o burnout. Então aprenda a dizer mais “nãos”, coloque-se em primeiro lugar e não sobrecarregue seu corpo e sua mente. 

4. ELIMINE OS HÁBITOS NOCIVOS DA SUA VIDA

Alimentos hipercalóricos, uso de drogas, consumo de álcool, sedentarismo, insônia, fofocas, redes sociais, comparação entre outros hábitos, são exemplos de padrões nocivos à sua saúde física, mental e emocional, que levam à baixa autoestima e a uma visão geral negativa sobre a vida. Está esperando o que para eliminar esses hábitos da sua vida e substituí-los por hábitos saudáveis?

5. REAVALIE A QUALIDADE DOS SEUS RELACIONAMENTOS

O ambiente tem um impacto muito grande sobre a sua saúde mental. Quando falamos em ambiente, nos referimos, sobretudo, às pessoas com as quais você mais convive. Dessa forma, será que seus amigos, vizinhos, familiares e colegas de trabalho constituem uma rede de contatos, que realmente desperta o melhor em você, ou são apenas um conjunto de pessoas que te criticam e influenciam a ter atitudes e pensamentos negativos?

6. DESFRUTE DE MOMENTOS DE LAZER

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, ter momentos de lazer e descanso não é luxo, mas sim uma necessidade humana que compõe o autocuidado emocional. A vida é mais do que apenas cumprir obrigações. Ela também é feita de momentos de prazer. O que te desperta boas sensações? Faça mais daquilo que te faz bem!

7. LIBERTE-SE DA POSITIVIDADE TÓXICA

Positividade tóxica é aquele sentimento de que somos “obrigados” a estar sempre bem quando na verdade não estamos. Todo mundo sente raiva, tristeza, inveja, medo, preocupação, entre outras emoções negativas de vez em quando. Então tire de você a obrigação de estar sempre bem, sempre feliz e de alto astral. Claro… Não permita que emoções negativas durem para sempre, mas não se culpe por senti-las de vez em quando. Combinado?

8. BUSQUE AJUDA PROFISSIONAL QUANDO NECESSÁRIO

Como falamos anteriormente, emoções e sentimentos negativos fazem parte da vida. No entanto, se você perceber que essas emoções estão aparecendo com muita frequência ou com muita intensidade na sua vida, o melhor a fazer é procurar auxílio especializado. Psicólogos e psiquiatras são os profissionais mais indicados para diagnosticar qualquer condição de saúde mental, mas o tratamento pode ser associado com sessões de terapia e hipnose. Recorrer à ajuda é a maior demonstração de amor que você pode ter por si mesmo. 

Olhar para dentro e praticar o autocuidado nos possibilita ter muito mais saúde mental e consequentes resultados positivos em diferentes áreas de nossa vida, portanto, invista em você, na sua qualidade de vida; pratique o olhar para dentro e aprenda a se amar.

 

COMO CULTIVAR O AUTOCUIDADO EMOCIONAL

 

Autocuidado. Quantas vezes não ouvimos falar sobre práticas que beneficiam nossa saúde mental e, consequentemente, nossa capacidade de gerenciar nossas emoções? Inúmeras!

Cuidar do nosso estado interno, das nossas emoções e pensamentos é essencial para que tenhamos uma vida mais harmônica. Nesse cuidar, inclui-se o fato de aceitar que emoções positivas e negativas fazem parte da nossa vida, que nenhuma delas está eternamente no controle de quem somos.

Quando desenvolvemos a capacidade de olhar para dentro, entender como nos sentimos e qual emoção está direcionando nossos pensamentos e ações no momento, fica mais fácil lidar com elas e gerenciá-las.

Olhar para dentro e cultivar o autocuidado emocional requer alguns movimentos, algumas ações que você pode adotar diariamente para desenvolver uma relação mais positiva com seu eu interior. 

 

1. TENHA QUALIDADE DE SONO

Procure desfrutar de uma média de 8h de sono por noite. O autocuidado emocional começa com a qualidade do seu descanso. Dormir mal ou em quantidade insuficiente de horas pode despertar sensação de cansaço, de baixa energia, de mau humor, além de falhas de memória e concentração.

2. PRATIQUE ATIVIDADES FÍSICAS REGULARMENTE

Praticar atividades físicas regularmente aumenta nosso condicionamento físico, aumenta nossa resistência e diminui o índice de doenças, o que por si só, já beneficia muito nossa saúde mental, afinal de contas, corpo e mente estão sempre em sintonia. Além disso, a prática de atividades físicas aumenta a produção de endorfina e serotonina no corpo, que são os hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar, vitalidade e satisfação.

3. COLOQUE-SE EM PRIMEIRO LUGAR E DIGA MAIS “NÃOS”

Problemas emocionais geralmente acontecem porque assumimos mais compromissos do que somos capazes de dar conta. Isso nos sobrecarrega e com a sobrecarga vem o estresse, a ansiedade, a depressão e, em casos mais extremos, o burnout. Então aprenda a dizer mais “nãos”, coloque-se em primeiro lugar e não sobrecarregue seu corpo e sua mente. 

4. ELIMINE OS HÁBITOS NOCIVOS DA SUA VIDA

Alimentos hipercalóricos, uso de drogas, consumo de álcool, sedentarismo, insônia, fofocas, redes sociais, comparação entre outros hábitos, são exemplos de padrões nocivos à sua saúde física, mental e emocional, que levam à baixa autoestima e a uma visão geral negativa sobre a vida. Está esperando o que para eliminar esses hábitos da sua vida e substituí-los por hábitos saudáveis?

5. REAVALIE A QUALIDADE DOS SEUS RELACIONAMENTOS

O ambiente tem um impacto muito grande sobre a sua saúde mental. Quando falamos em ambiente, nos referimos, sobretudo, às pessoas com as quais você mais convive. Dessa forma, será que seus amigos, vizinhos, familiares e colegas de trabalho constituem uma rede de contatos, que realmente desperta o melhor em você, ou são apenas um conjunto de pessoas que te criticam e influenciam a ter atitudes e pensamentos negativos?

6. DESFRUTE DE MOMENTOS DE LAZER

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, ter momentos de lazer e descanso não é luxo, mas sim uma necessidade humana que compõe o autocuidado emocional. A vida é mais do que apenas cumprir obrigações. Ela também é feita de momentos de prazer. O que te desperta boas sensações? Faça mais daquilo que te faz bem!

7. LIBERTE-SE DA POSITIVIDADE TÓXICA

Positividade tóxica é aquele sentimento de que somos “obrigados” a estar sempre bem quando na verdade não estamos. Todo mundo sente raiva, tristeza, inveja, medo, preocupação, entre outras emoções negativas de vez em quando. Então tire de você a obrigação de estar sempre bem, sempre feliz e de alto astral. Claro… Não permita que emoções negativas durem para sempre, mas não se culpe por senti-las de vez em quando. Combinado?

8. BUSQUE AJUDA PROFISSIONAL QUANDO NECESSÁRIO

Como falamos anteriormente, emoções e sentimentos negativos fazem parte da vida. No entanto, se você perceber que essas emoções estão aparecendo com muita frequência ou com muita intensidade na sua vida, o melhor a fazer é procurar auxílio especializado. Psicólogos e psiquiatras são os profissionais mais indicados para diagnosticar qualquer condição de saúde mental, mas o tratamento pode ser associado com sessões de terapia e hipnose. Recorrer à ajuda é a maior demonstração de amor que você pode ter por si mesmo. 

Olhar para dentro e praticar o autocuidado nos possibilita ter muito mais saúde mental e consequentes resultados positivos em diferentes áreas de nossa vida, portanto, invista em você, na sua qualidade de vida; pratique o olhar para dentro e aprenda a se amar.