A onda do cancelamento na internet e suas consequências psicológicas

cancelamento

2021 começou com o tema cancelamento em evidência, depois que certo reality show entrou no ar. Mas quanto essa “cultura do cancelamento”, popular nas redes sociais, pode afetar seriamente a vida de quem a sofre e porque isso é extremamente perigoso?! 

Atualmente, o termo cancelado significa ser excluído da sociedade por uma determinada pessoa ou grupo, que coloca sobre um indivíduo uma reputação negativa. O ataque, que tem como objetivo chamar a atenção para uma causa específica e tem o poder de ameaçar o emprego, vida financeira, social e psicológica de uma pessoa. 

Para muitos, essa prática é vista como positiva, mas para outros remete a opressão que é exigir perfeição das ações de alguém, julgando e determinando sua punição perante o ato. O cancelamento atual pode ser considerado um abuso psicológico e quando falamos de abuso, estamos nos referindo a algo que ultrapassa limites, causando sofrimento a alguém.

Através de comentários em redes sociais, por exemplo, o cancelamento pode ser a fonte de danos emocionais severos, ligados à autoestima. Não estamos falando especificamente de aparência, mas de despertar em quem sofre o cancelamento a sensação de ser insociável, alguém que não se adequa a viver na sociedade.

O abuso psicológico tem a ver com a desigualdade de poder, de um silenciamento com o propósito de confundir, dissimular e deslegitimar o sofrimento do outro.

Na cultura do cancelamento, são os seguidores ou internautas que dispõem de tal poder, para silenciar alguém através de uma tortura que é construída aos poucos com discursos de ódio, zombaria e rebaixamento, que são rapidamente compartilhados e ganham uma proporção gigantesca. 

Danos que o cancelamento pode causar

Os eventos que sucedem um cancelamento, podem gerar trauma na pessoa que o sofre, o que pode ser decisivo para o desenvolvimento de doenças psíquicas. 

O indivíduo que passa por essa situação, geralmente, não se permite o autocuidado, se pune e não se acha merecedor de conviver em sociedade, com o atual cenário de isolamento social isso se torna mais intenso e perigoso. 

Esse sentimento de não pertencimento, além de sofrimento físico, financeiro e psíquico, pode causar ansiedade, síndrome do pânico, estresse, depressão e outros transtornos. 

Principalmente entre os jovens, essa cultura do cancelamento tem afetado diretamente as relações interpessoais, o que era para ser uma fase leve e de descobrimento, passa a ser um tormento extremamente pesado para os adolescentes. É importante buscar ajuda, para entender o trauma e procurar a melhor forma de lidar com ele, para que o mesmo não acarrete em danos mais graves.

Busque sempre um profissional capacitado, com quem você consiga formar laços de confiança para que juntos alcancem uma cura efetiva. A Hipnose Ericksoniana é uma solução eficaz e concreta para tratar esse tipo de trauma e os efeitos que ele ocasiona, para saber mais clique aqui.