Aquela história de enxergar um copo meio cheio ou meio vazio, nem sempre traduz a realidade. Se você se considera um pessimista constantemente, pode ser que há algo muito mais profundo do que apenas possuir uma visão “realista” das coisas, como a maioria costuma dizer.

 

As conhecidas “pessoas matinais” que acordam cantarolando pelos cantos e parecem realmente estarem tendo um bom dia sem nem ao menos ele ter começado, não são apenas indivíduos que consideram o copo meio cheio, mas pessoas que provavelmente tem trabalhado a positividade em suas vidas, e descobriram o poder que ela pode gerar não só à mente mas a própria saúde!

 

O poder de uma mente positiva

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
Você já ouviu falar que uma mente positiva é a chave para que todas as áreas da sua vida sejam um sucesso? Ou já assistiu o filme Sim Senhor onde os participantes do grupo motivacional eram proibidos de falar a palavra “não”? Bem, se você não têm a mínima ideia do que estamos falando não têm problema, vamos explicar.

 

Tanto na cinematografia, quanto na vida real, é muito comum esbarramos com “fiéis” da positividade, pregando as maravilhas que falar bom dia ou se exercitar mais cedo pode causar, ou como no filme, a proibição do uso de palavras negativas. Na narrativa, o personagem de Jim Carrey aprende, entre muitas coisas, a importância do equilíbrio, conquistando ao longo do desenvolvimento do filme, experiências excelentes, geradas por ter uma vida mais positiva.

 

E é claro, apesar de não haver necessidade alguma de excluir a palavra NÃO do seu vocabulário, há um fato incontestável: ser mais positivo é algo poderoso. Podemos utilizar algumas propriedades da própria neurociência e da psicologia para fundamentar tais afirmações, além de algumas técnicas utilizadas em consultório.

 

Deixar de ser um pessimista constante é um passo desafiador e que necessita de persistência, mas que quando é conquistado, acaba transformando a vida de quem o escolhe fazer. Veja algumas das áreas que uma das técnicas de reprogramação mental, pode gerar.

 

Tristeza, apatia e pessimismo: quando se torna um problema?

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
É importante estar atento aos sinais! Tristeza, apatia ou ser um pessimista constante, podem ser traços de questões internas mais sérias, pode até mesmo denunciar sintomas de depressão, ansiedade ou traumas. É comum deixarmos as questões internas influenciarem em nossos comportamentos, e com o tempo, nem nos lembrarmos o porquê entramos neste estado de vida pessimista e negativo.

Se você sente que perdeu a ânsia de viver ou que não consegue mais de forma alguma, ver o lado positivo das situações que lhe acontecem, procure um profissional. Não permita que questões de saúde emocional ou do passado, afetem sua alegria por viver. Lembre-se que identificar a causa de tudo, é o primeiro passo para a melhora.

 

Há como vencer o pessimismo constante?

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
Sim. Há maneiras extremamente efetivas que auxiliam no alcance de uma mente mais positiva. Mesmo que você seja alguém que vê o copo extremamente vazio, a mente é uma máquina poderosa e dominar seus segredos é uma das formas de alcançar questões que jamais imaginamos.

 

A reprogramação mental, realizada através de métodos efetivos comprovados em consultório, como a hipnose ericksoniana, é uma destas formas. Ela auxilia a entender quais são os motivos que levam seus comportamentos a estarem sempre para baixo e o que fazer para superá-los! Quer saber mais sobre o assunto? Acesse: um olhar reflexivo sobre a hipnose ericksoniana!

 

Esperamos ter ajudado, até a próxima.

Equipe ACT Institute.