É comum que alguns terapeutas se sintam desconfortáveis em cobrar pelas terapias. No entanto, isso não é correto. Assim como outros profissionais, eles precisam comer, pagar contas e receber pelo seu trabalho. Desde que os serviços sejam precificados de forma justa e que sejam oferecidos com qualidade, não há nada de errado em fazer isso. Para ser bem sucedido como terapeuta é preciso se livrar dessa culpa e investir em ações que tornem o seu trabalho diferenciado. Tornar-se um profissional melhor para ser melhor para os seus pacientes.

Por essa razão, separamos algumas dicas que vão ajudá-lo a descobrir os custos dos seus serviços afim de oferecer um atendimento justo e de qualidade. Confira!

Conheça os custos do seu serviço de terapia

Antes de saber quanto cobrar pelos atendimentos terapêuticos, é preciso descobrir quanto você precisa investir para oferecê-los. Inclusive, esse já é um motivo bastante convincente para não existir culpa ao colocar um preço no seu trabalho: ele precisa de dinheiro para ser oferecido.

Do contrário, você estaria não só trabalhando de graça, mas também perdendo dinheiro ao fazer isso. A questão é que, ao contratar seus serviços, o cliente está fazendo uma troca justa. O dinheiro investido por ele possibilita que você, além de ajudá-lo, possa investir na qualidade do atendimento e das instalações da sua clínica.

Os custos/investimentos mais comuns de um serviço terapêutico são:

  • aluguel;
  • contas de água e eletricidade;
  • treinamentos e especializações;
  • marketing;
  • custos de transporte;
  • associações e registro profissional.

Isso significa que, antes mesmo de atender ao primeiro cliente, você já estará tendo custos. Vale a pena refletir sobre isso.

Descubra o seu diferencial e seja bem sucedido como terapeuta

Geralmente, os terapeutas bem sucedidos são diferenciados. O mercado pode oferecer muitas opções, mas se você tem um atributo que o destaca dos demais, sua agenda estará sempre cheia. Sendo assim, se ainda não descobriu o seu diferencial, faça isso o quanto antes.

Observe os seus concorrentes. Certamente, eles estão se capacitando, fazendo cursos e descobrindo ferramentas e técnicas para torná-los únicos, não é mesmo? Então, busque também especializações que agreguem valor ao seu currículo.

Um bom exemplo é a hipnoterapia, que tem sido utilizada por diversos profissionais, possibilitando-os ajudar muitas pessoas a tratar problemas de ordem física e emocional. Com as sessões de hipnose, as chances de ser bem sucedido como terapeuta são maiores, já que o método é comprovadamente eficaz.

Entenda o valor do serviço que você oferece

Em uma sociedade capitalista como a nossa, as pessoas tendem a desvalorizar serviços baratos ou gratuitos. Isso significa que muitas delas associam a qualidade ao valor do investimento. Mesmo analisando os seus gastos, coloque na balança o peso/valor que seu trabalho possui.

Observe também que as pessoas que pagam mais acabando obtendo melhores resultados com a terapia, além de estarem mais comprometidas com ela. Isso geralmente acontece porque elas entendem que estão pagando pelo benefício que você oferece — ferramentas, atendimento de qualidade, formação, especializações, instalações confortáveis e etc.

Verifique a sua estratégia de marketing

Como está sua estratégia de marketing? Falar sobre isso é muito importante para ser bem sucedido como terapeuta. Você quer atrair mais pacientes e se sentir confortável em cobrar pelos seus serviços, mas o que está fazendo para possibilitar isso?

Entenda que não são apenas as suas habilidades terapêuticas que estão em jogo. Você está vendendo resultados. Muitas pessoas estão lá fora precisando da sua ajuda. Mas elas precisam saber que você está pronto para ajudá-las.

Foque nisso e obterá clientes comprometidos e dispostos a investir no que você tem a oferecer. Faça marketing consciente de uma coisa: se você pode ajudar essas pessoas, é seu dever informá-las sobre isso.

Entenda que você não é o terapeuta perfeito para todos

Para ser bem sucedido como terapeuta não precisa necessariamente ser perfeito. Você deve aceitar a pessoa do jeito que ela é, sem julgamentos. Busque criar uma conexão com os seus pacientes e utilize técnicas que possam ajudá-los a encontrar os seus próprios caminhos e a melhor versão de si mesmos.

Lembre-se de que você não é o profissional perfeito para todos e buscar isso pode ser um erro. Foque em ser e fazer o melhor pelo seu paciente em termos de resultados. Em um mercado disputado, além de ter um diferencial, é preciso ter a humildade de reconhecer que você não é melhor que os outros profissionais.

A boa notícia é que é possível ser a solução perfeita para algumas pessoas. E, quando isso acontecer, pode acreditar que elas confiarão em você. Deixe que elas enxerguem o seu potencial e identifiquem você como o profissional certo para elas.

Depois de todas essas informações, fica claro que o segredo para se tornar bem sucedido como terapeuta é oferecer um serviço diferenciado e de qualidade. Por isso, é importante buscar novas especializações. Fazendo isso, você não se sentirá desconfortável em cobrar pela terapia, já que está oferecendo o melhor para seus pacientes.

Gostou do nosso artigo? Você sabia que o ACT Institute possui a melhor formação de Hipnose Ericksoniana do Brasil? Comece a ser mais bem sucedido como terapeuta com os nossos cursos.