A depressão é uma doença muito presente no cenário atual. Uma pesquisa realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2014 informa que cerca de 11 milhões de brasileiros sofrem do mal, e a maior parte desse número reside nas grandes cidades. Estima-se também que 19% da população mundial sofra de depressão. Isso significa que, a cada cinco pessoas, uma tem ou já teve depressão.

Por ser um distúrbio afetivo, a depressão está associada diretamente ao rendimento do indivíduo. A doença é silenciosa e pode atingir pessoas de qualquer idade e classe social. Diminuição nas atividades rotineiras, apatia, desânimo, falta de coragem, tristeza, isolamento, baixa autoestima e pessimismo são alguns dos sintomas dessa doença.

Ela também influencia diretamente o comportamento do paciente, e por isso é muito difícil de ser compreendida pela sociedade, em que muitos ainda tratam do assunto como uma “bobagem”. Porém assim como ocorre com qualquer doença, é preciso que o doente tenha acompanhamento médico e tratamentos específicos, como a hipnose para depressão.

Nesse método, o paciente é estimulado a encontrar a raiz do problema e buscar soluções com um especialista, para compreender seu atual momento e se recuperar da depressão. Entenda mais agora!

Como tratar a depressão?

A síndrome é desenvolvida por alterações químicas no cérebro, principalmente em relação aos neurotransmissores, conhecidos como serotonina, noradrenalina e dopamina. Essas substâncias transmitem impulsos nervosos entre as células, desencadeando, assim, todos os sintomas de fadiga, estresse e tristeza no paciente.

Trata-se de uma doença emocional. E ela tem cura, sendo que existem diversos tratamentos. Um deles é a hipnose para depressão, que trabalha no paciente o resgate do controle da situação.

A hipnose é uma técnica natural que busca acelerar o processo de tratamento da depressão. A ideia é usar processos internos, em transe, que possam ajudar o paciente a identificar as causas do desenvolvimento da doença.

De que forma a hipnose pode ajudar?

Compreender o início da doença pode ajudar muito na luta do paciente para vencer a depressão. A hipnoterapia consiste nos seguintes passos:

Detectar as causas

Com a hipnose, o paciente fará uma viagem interna buscando encontrar e compreender os seus problemas mais íntimos, aqueles de que ele mesmo não tem conhecimento.

Após identificar algumas coisas que não lhe fazem bem, é preciso traçar algumas mudanças, por menor que sejam, em seu comportamento, para que isso deixe de ser um problema em sua vida.

Soltar as amarras

Muitas vezes, o paciente deprimido está “bloqueando” lembranças, ou seja, depois de passar por algumas situações complicadas, ele tende a ignorar assuntos, pessoas, comportamentos, lugares, enfim, coisas que sejam similares ou lhe tragam lembranças daquele momento que deseja esquecer. Funciona como uma forma de fuga, fazendo com que a pessoa sempre fique parada no mesmo lugar quando o assunto for “aquele”.

Por meio da hipnose, é possível fazer com que o paciente entenda que é preciso perder o medo de enfrentar e que experiências ruins acontecem sempre e com todos. É preciso incentivá-lo a vencer o medo e buscar forças para dar a volta por cima.

Dar incentivo

Mais do que apoio, a hipnose mostra ao paciente que ele tem o controle da situação e que é ele, por meio de seus pontos positivos, que encontrará força para sair da depressão.

Com o tratamento, o paciente aumenta o conhecimento de seus pontos positivos e negativos, entendendo, assim, a sua fragilidade e sabendo lidar com ela.

Dizer não ao estresse

Parece comum, mas a rotina é muito estressante — e muitas vezes não percebemos o mal que ela nos faz. Prazos, horários, agenda, filhos, relacionamentos, amigos, a cabeça realmente parece que não vai aguentar em alguns momentos.

O estresse pode, sim, desencadear uma depressão ou agravar o estado de uma pessoa já deprimida. A hipnose promove ao paciente uma experiência calma, relaxante e que provoca bem-estar, fazendo com que ele tenha um tempo para se autoconhecer, identificar seus problemas, medos e defeitos.

Dessa forma, o paciente começa a manter o controle e encontrar a tranquilidade com mais frequência, conseguindo, inclusive, entender que precisa se afastar das coisas que não lhe fazem bem.

Promover o autoconhecimento

O autoconhecimento é fundamental para resgatar a vontade de viver. É preciso entender que todo ser humano é essencial de alguma forma ou para alguém.

Na hipnoterapia, o paciente é convidado a se conhecer, a entender seu verdadeiro eu. Trata-se de buscar se reconhecer criando o laço com a única pessoa que realmente tem valor, ou seja, ele mesmo. Isso ajuda o paciente a não se cobrar tanto e nem ser tão crítico em relação aos seus atos.

Trabalhar com os sintomas

Outra maneira de trabalhar com a hipnose é focar os sintomas da depressão de maneira isolada, ou seja, auxiliar o paciente a entender e controlar seu comportamento de acordo com seus sentimentos.

É preciso compreender as causas da depressão e trabalhá-las com o paciente. Afinal, a doença pode surgir a partir de chantagens emocionais, bullying, acontecimentos marcantes em relacionamentos (divórcios e perda de entes próximos), alterações hormonais, uso compulsivo de remédios, entre outros.

Tratando assim a angústia, a baixa autoestima, a tristeza, o desânimo etc. de maneira individual, buscando entender a origem de cada um desses sentimentos, se torna mais fácil recuperar o controle e a vontade de se tratar.

Confiar no hipnoterapeuta

A hipnoterapia é um processo que exige confiança do paciente no especialista que o auxilia, afinal, é um momento de se permitir mergulhar em si mesmo, sem qualquer restrição.

É preciso estar aberto para poder desvendar as causas da depressão e confiar na técnica e no trabalho do hipnoterapeuta para que os resultados sejam satisfatórios. A proposta é compartilhar e buscar saídas juntos.

Portanto, a depressão pode ser curada após uma longa viagem pelo seu próprio subconsciente. É preciso buscar compreender os motivos de suas reações e o desencadeamento desses processos em sua vida.

A depressão é mais comum do que se imagina, e o segredo para combater esse mal é fazer com que o paciente se conheça de maneira integral.

Quer saber mais sobre hipnose para depressão? Quer se aperfeiçoar nessa técnica? Então entre em contato conosco!