A Hipnose Clássica consiste em comandos diretos de ação, baseados em um protocolo padrão. Nela o hipnoterapeuta é o protagonista do processo, orientando o paciente por meio de ordens diretas. 

Essa modalidade direta não dá suporte suficiente para que o paciente passe pelos difíceis processos de desorganização, reorganização, reassociação e projeção de sua vivência interior para atender às solicitações da sugestão. Portanto, sua conclusão não se torna parte de sua vivência, mas apenas uma resposta superficial à sugestão direta.  

A hipnose clássica com sugestões diretas não se aplica a todos os pacientes, já que é baseada principalmente na suposição do hipnoterapeuta ter o poder miraculoso de efetuar mudanças terapêuticas no paciente, desconsiderando que a cura encontra-se no interior do próprio paciente.

A sugestão direta pode dar resultados positivos, entretanto, essa condição nada mais é do que um reflexo da sugestão direta e não impacta na reassociação e reorganização de ideias, compreensões e memórias essenciais para uma cura efetiva, por isso ela não é eficaz em 100% das pessoas.

Na Hipnose Ericksoniana a linguagem é indireta, permitindo que a terapia se adapte a necessidade interna, e quem irá gerenciar será o inconsciente do paciente e não uma solução externa direta feita pelo hipnoterapeuta, por isso é necessária uma conexão profunda com o funcionamento interno da pessoa.

Essa técnica favorece para que a pessoa aprenda a se guiar pela sua bússola interna, que é a sabedoria da mente inconsciente. O princípio da co-criação permite que de forma cooperativa, paciente e terapeuta, encontre não só a melhor estratégia, mas sim a melhor forma de construí-la e utilizá-la.

A solução é criada de dentro para fora e também é um fator importante, pois essa informação vem contextualizada na necessidade, direção e ritmo do paciente, pois é o próprio sistema interno da pessoa que cria sua jornada de cura e desenvolvimento.

O vínculo de segurança é extremamente importante, pois ele permite que a pessoa, independente do perfil, encontre segurança para imergir em seu mundo interior. 

Portanto,  o comando sendo indireto – se guiando pela bússola interna e sendo co-criado junto ao paciente – faz com que ele não encontre resistências para imergir na mente inconsciente, o que pode gerar resultados em 100% da população.

Entendeu o porque a Hipnose Ericksoniana tem chances de 100% de eficácia? Fizemos um outro artigo falando as diferenças entre as hipnoses, para ler, clique aqui.