Quando o seu Felt Sense fala com você, o que você responde?

Felt Sense

Escrito por Ann Cornell Se você é sortudo(a) e persistente, você chegará, com a Focalização, a um lugar onde alguma coisa dentro de você quer se comunicar. Se você alcançou este ponto, celebre! Eu lembro como demorou – meses e meses – para eu começar a sentir algum tipo de significado e comunicação entre o meu interior e eu. E demorou mais ainda para eu começar a confiar no que…

Leia mais…

A velha arte da autossabtagem

autossabtagem

Frequentemente tratamos, tanto aqui, nesta página, quanto em nossos posts do Facebook, sobre um assunto que é um dos grandes vilões da nossa realidade: os famosos PADRÕES COMPORTAMENTAIS NEGATIVOS. Padrão comportamental não é uma temática nova, nem descoberta do século 20 e, muito menos, fruto da louca sociedade em que vivemos. Ele é algo intrínseco ao nosso ser, sendo nós os únicos responsáveis por torna-los negativos ou positivos. Mas, no…

Leia mais…

A difícil tarefa de se manter focado e concentrado

concentração

A concentração é um fator importante a ser levado em conta quando o assunto é produtividade. Uma pessoa desconcentrada não renderá o esperado, seja nos estudos, no trabalho ou até mesmo em atividades pessoais. Pensando nisso, uma empresa americana desenvolveu setlists musicais que facilitam a na concentração e a manter o foco. As melodias foram selecionadas com base em estudos das áreas da neurociência e psicologia que indicaram que, entre…

Leia mais…

Milton Erickson e a confiança no inconsciente

Milton Erickson

Por Susan de Toledo Hulley O cientista e biólogo norte-americano Bruce Lipton escreveu em seu livro “A Biologia da Crença” que o ambiente e as crenças do ser humano são responsáveis pela expressão do seu DNA e, consequentemente, de seus genes. Com está declaração, Lipton afirmou que a percepção do indivíduo, suas expectativas e crenças formadas, são diretamente responsáveis por moldar a sua biologia e comportamento. No entanto, a mente…

Leia mais…

Ir ao banheiro ou não, eis a questão

banheiro

Vou te dar um conselho de amigo: nunca comece uma indução se o terapeuta ou paciente precisa urinar. Uma das primeiras lições que aprendemos como um ser humano civilizado é “não molhe suas calças”. Pode soar bobo, mas isto está fortemente incorporado em nossa mente inconsciente e, se durante uma sessão, um dos dois envolvidos estiver com a bexiga cheia, isto interferirá negativamente no trabalho inconsciente que está sendo feito.…

Leia mais…
1 13 14 15 18