Encontrar a linha que separa o hábito do vício pode exigir uma proeza maior do que a grande maioria possui, os sintomas do vício nem sempre são claros para quem convive com alguém que tem demonstrado uma mudança comportamental e ainda mais difícil para quem é viciado, afinal um dos sintomas é negação da perda do controle. Se você tem lutado contra algo que não quer mais para sua vida, ou conhece alguém passando por essa situação, aqui estão os sintomas para estar atento.

 

Repetição obsessiva do hábito

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Você se pega pensando naquilo algumas vezes por dia? Se imagina desempenhando aquele hábito, mesmo quando não está? São fatores para se estar atento, faça um levantamento de quanto tempo você passa realizando este hábito ou quantas vezes acaba consumindo essa substância/alimento, é uma quantidade de tempo normal e comum? Está dentro do padrão? Essas são algumas perguntas que você deve responder com sinceridade para si mesmo, ou para quem te perguntar.

 

Se você sente necessidade acima do comum de “receber a recompensa” que este hábito ou substância/alimento te traz, é bem provável que você esteja desenvolvendo dependência química, um dos maiores sintomas do vício. O primeiro passo é identificar se a repetição desse hábito, se tornou necessária ou obsessiva na sua rotina.

 

Dependência química da recompensa

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Por que você continuaria com um hábito destrutivo mesmo sabendo que isso está te destruindo? A resposta para isso é um dos sintomas do vício, a dependência química. A recompensa gerada pelo vício é o que faz você querer continuar a praticar ele de qualquer jeito, seja o excesso em açúcar, em tecnologia ou em uma substância ilícita. Independente de qual seja seu vício, o efeito de ação e recompensa no seu cérebro é o mesmo, alguns de forma mais intensa outros nem tanto, mas todos fazem você querer sentir o efeito novamente.

 

É como comer um bolo delicioso, você sabe que o doce está repleto de açúcar e que o exagero te faz mal, mas o sabor e a sensação são tão bons que você não consegue evitar comer mais um pedaço. Esse é um simples exemplo de como a dependência química age em seu organismo e acaba causando esse sintoma evidente do vício.

 

Sinais físicos aparentes

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

A maioria das pessoas que apresenta os outros sintomas do vício, eventualmente pode acabar manifestando sintomas físicos que a dependência gera, eles podem variar de acordo com qual o mau hábito que o indivíduo tem mantido, mas entre os mais comuns podemos nomear: insônia, alteração brusca de peso (ganho ou perda), suor quando em abstinência, entre outros. Fique atento a estes  sintomas pois eles podem denunciar um estado crítico da situação.

 

Sinais psicológicos aparentes

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Mudanças de humor, ansiedade e depressão são apenas alguns dos sintomas do vício que se manifestam psicologicamente. A dependência do mau hábito gera consequências graves na mente do indivíduo e que se não identificadas e tratadas podem acabar causando efeitos ainda mais graves. Se você tem notado mudanças de humor causadas pela abstinência ou pelo excesso deste vício, entre em contato com um especialista o quanto antes.

 

Perda de controle

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

A perda de controle ocorre sem que o viciado se dê conta, em um dia ele pode parar quando bem entender e no outro já não está mais no seu controle. É difícil alguém que está viciado entender a dependência que o mau hábito pode estar causando, na maioria dos casos a pessoa acredita estar totalmente consciente e no controle da situação. Em casos como este é importante ter o apoio de alguém próximo e principalmente profissional.

 

O primeiro passo é identificar o vício, o segundo é querer mudar! Não faltam alternativas para tratar quem sofre com qualquer tipo de vício. Quer saber mais ? Acesse: http://actinstitute.org/treinamentos

 

Grande abraço e até a próxima!
Equipe Act Institute.