Um fato inegociável da vida: todos nós temos dias ruins, isso inclui terapeutas e psicólogos com toda a certeza. Mas ao contrário de nós, especialistas em outras áreas, os estudiosos do comportamento e mente humana possuem algumas “cartas na manga” para enfrentar os dias difíceis.

 

 

  • Foque no trabalho e em suas recompensas

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

 

Dolores Malaspina, professora e diretora do Programa de Psicose no departamento de psiquiatria da Escola de Medicina Icahn, em Monte Sinai afirma que uma das melhores maneiras para terapeutas e psicólogos superarem dias ruins é focar em desenvolver um bom trabalho e em colher os resultados diários.

 

Conversar com pacientes, imergir em seus relatos e desenvolver um transe conversacional é uma forma excepcional de esquecer qualquer problema que houve e perceber – nem que de forma sutil – que há muito a se gratificar durante qualquer tipo de dia.

 

 

  • Dedique um tempo para fazer o que ama

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

 

Assistir um filme, ler um livro ou fazer atividades fora, seja lá qual for a sua paixão, sempre dedique um tempo para colocá-la em prática. É um exercício extremamente terapêutico e que qualquer um pode colocar em prática, especialmente terapeutas e psicólogos.

 

 

  • Não deixe que um momento ruim se torne um dia ruim

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

 

As vezes uma frase é capaz de ditar o humor de todo o dia. A noite chega e nos damos conta do cansaço, esgotamento e do mal humor que passamos sem ter tido a mínima noção do porquê passamos o dia todo nos sentindo daquela forma.

 

Normalmente acontece com terapeutas e psicólogos que ainda não tem completa consciência sobre o poder da mente inconsciente e por tanto não conseguem analisar o que desencadeou a reação, ou se blindar de possíveis respostas do inconsciente mediante a pequenas situações.  

 

 

  • Aceitar os maus momentos assim como os bons

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

 

Aceitar, compreender e respeitar. Essa é uma dica que a maioria dos terapeutas e psicólogos colocam em ação em dias ruins! Como abordamos no início desse artigo: é um fato inegociável da vida, todos nós temos dias ruins e não há nada de errado ou anormal sobre isso.

 

O equilíbrio é encontrado entre aceitar e respeitar os momentos ruins assim como os momentos bons e há uma beleza indiscutível em compreender que momentos ruins também são importantes.

 

 

  • A auto-hipnose é uma técnica infalível!

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

 

Permitir a mente descansar, relaxar em momentos de estresse e evitar o desgaste emocional por situações no trabalho ou na vida pessoal é um dos papéis que a auto-hipnose desempenha de modo perfeito no rotina de terapeutas e psicólogos. É uma forma de compreender e respeitar o inconsciente de maneira profissional e inteligente.

 

Além disso a auto-hipnose é gratificante em todas as áreas do ser e pode ser realizada no trabalho ou na vida pessoal. Quer conhecer mais sobre o assunto? Acesse: http://www.actinstitute.org/curso-hipnose-ericksoniana/index.php

 

Até a próxima,

Act Institute.