Já pensou se a receita para melhorar a saúde e qualidade de vida fosse fechar os olhos, parar de pensar em si e se concentrar no presente? E se a gente disser que talvez seja? Estamos falando de uma atividade simples e milenar: a meditação. E vale destacar que nas últimas décadas, a prática recebeu o aval da ciência como aliada em diversos tratamentos de doenças.

A meditação impacta todo o organismo, porque provoca algumas mudanças estruturais no cérebro, como no córtex (área usada para o pensamento abstrato e a introspecção) e o hipocampo, fundamental para a memória. Mas não é só isso, a atividade também mexe com parte do sistema neurológico responsável por como o corpo reage a situações de estresse, o que costuma deixar a pessoa mais tranquila.

 

Meditação

Quando falamos em meditação, você não deve imaginar apenas uma técnica, porque ela pode ser muito diferente, de acordo com a duração e o método. Ela pode pode ser em silêncio ou entoando mantras, por exemplo. Mas isso não interfere no resultado final, já que toda a meditação deve causar os efeitos no cérebro que citamos acima.

 

Os benefícios da meditação

Como dissemos, a prática interfere positivamente no bem-estar e na qualidade de vida. Preparamos uma lista de melhorias causadas por ela. Acompanhe:

1_Wi5yBnSCXZDUF7kfvFrvBQ
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

Redução do estresse

Como citamos acima, a meditação produz alterações na produção de hormônios, diminuindo aqueles associados à ansiedade, hiperatividade e estresse e aumentando os ligados à felicidade. Quanto mais profundo o estado de relaxamento que a prática proporciona, menor a produção de hormônios do estresse. E sabe o que é melhor? A sensação não dura apenas quando está meditando, mas também após as sessões.

 

Insônia

A meditação trabalha com técnicas de relaxamento profundo que, colocadas em prática durante o dia, podem melhorar a quantidade e qualidade do sono. Isso acontece pela possibilidade de alcançar níveis de sono REM mais próximos do considerado saudável.

 

Melhoria da concentração

Mesmo que seja apenas por 15 minutos por dia, as áreas do cérebro responsáveis pela memória e pela atenção ficam mais densas quando a pessoa medita. Isso ajuda em trabalhos, estudos e atividades diárias.

 

Melhoria do sistema imunológico

O aumento da atividade cerebral quando se tem pensamentos positivos, acaba influenciando diretamente na produção de anticorpos. A meditação intensifica isso e ajuda no combate até mesmo de câncer de mama e próstata.

 

Esses são apenas alguns benefícios da meditação. Existem muitos outros. Nesse momento, uma boa opção para auxiliar na meditação, principalmente na comunicação com a mente inconsciente, é a hipnose ericksoniana. Se você quer saber mais, Clique aqui e baixe gratuitamente o e-book “A Hipnose Ericksoniana – O Poder da Comunicação com o Inconsciente˜.

 

Grande abraço e até a próxima!

 

Equipe Act Institute