Relacionamentos regados a excesso de ciúme estão fadados ao fracasso. Esse sentimento complexo é capaz de destruir relações, arruinar famílias e até levar as pessoas a cometerem diversos tipos de crimes.

O primeiro passo, para alcançar a cura, é entender que o ciúmes doentio é uma doença e que precisa de tratamento. Esse sentimento está relacionado com pensamentos negativos como a falta de confiança em si mesmo e no parceiro, além de medo, raiva, inveja e melancolia. 

Quem tem ciúmes excessivo acaba se descontrolando facilmente, na mesma medida que são violentos e paranóicos, o que pode contribuir para atitudes drásticas que prejudicam a si e ao companheiro, por isso  essas pessoas precisam de ajuda.

A Hipnose Ericksoniana é indicada em casos como esse, pois ela é capaz de acessar a mente inconsciente do paciente durante as sessões, reprogramando gatilhos que levam o paciente a sentir o ciúme, para que ele ache dentro de si meios de autocontrole e reações diferentes das antigas perante situações de “ameaça”.  

O Hipnoterapeuta vai trabalhar a autoestima do paciente de forma que ele consiga se livrar de bloqueios negativos e autodestrutivos como o ciúme. Além de retomar a autoconfiança, a hipnose pode auxiliar para que o cliente entenda e se livre de traumas e lembranças que possam ter relações diretas com o ciúme doentio que ele sente. 

Através da Hipnose Ericksoniana, é possível entrar em contato com a mente inconsciente, promovendo o autoconhecimento e trazendo inúmeros benefícios, sendo possível ressignificar mudanças importantes na vida do paciente que sente ciúmes excessivo. 

Quer saber mais sobre essa prática? Clique aqui e confira a importância de se autoconhecer.