O número de pessoas que sofrem com a síndrome do pânico aumenta a cada dia. Por isso, é importante entender o que é, como lidar e o que causa ataques de pânico.

A síndrome do pânico é um tipo de transtorno de ansiedade no qual ocorrem crises inesperadas de desespero e medo intenso de que algo ruim aconteça, mesmo que não haja motivo algum para isso ou sinais de perigo iminente.

Quem tem esse transtorno sofre com crises de medo agudo de modo recorrente e inesperado. Além disso, as crises são seguidas de preocupação persistente com a possibilidade de ter novos ataques e com as consequências desses ataques e isso prejudica a rotina diária. 

Uma crise dura em média de 10 a 20 minutos, mas pode variar dependendo da pessoa e da intensidade do ataque. Alguns sintomas podem continuar por uma hora ou mais. Fique atento, pois muitas vezes um ataque de pânico pode ser confundido com um ataque cardíaco. 

Causas

As causas exatas da síndrome do pânico são desconhecidas, embora a Ciência acredite que um conjunto de fatores possa desencadear o desenvolvimento deste transtorno, como:

  • Genética
  • Estresse
  • Temperamento forte e suscetível ao estresse
  • Mudanças na forma como o cérebro funciona e reage a determinadas situações.
  • Ansiedade extrema

Uma das causas comuns dos ataques de pânico está totalmente relacionada com o excesso de ansiedade ou ansiedade extrema. Analisar situações em que você sente-se extremamente ansioso é o primeiro passo para identificar completamente o que está causando ataques de pânico!

A ansiedade nem sempre é identificada, por muitas vezes sua causa também é desconhecida, por isso a Hipnose Ericksoniana se mostra eficaz, pois ela consegue acessar a mente inconsciente do paciente, sendo possível perceber as causas da ansiedade que desencadeiam os ataques de pânico e assim o ajuda a compreender e lidar com as crises antes delas intensificarem. 

Assista a esse vídeo onde o Dr. Stephen Paul Adler, autoridade sênior em Hipnose Ericksoniana, fala sobre Síndrome do Pânico.