A mente é uma parte do ser humano extremamente complexa, podendo gerar várias situações, como doenças. Portanto, não é um sinal de fraqueza ter algum ou mais sintomas mentais, o importante é reconhecer as vulnerabilidades que podem (e devem!) existir dentro de si e buscar o tratamento adequado para entendê-las e superar tais doenças.

1 – Esquizofrenia

A esquizofrenia é o principal transtorno psicótico, caracterizado como uma síndrome que provoca distúrbios da linguagem, pensamento, percepção, atividade social, afeto e vontade. 

A  esquizofrenia ainda é uma incógnita, mas sabe-se que está relacionada às alterações genéticas que provocam defeitos nos sistemas neurotransmissores do cérebro e que pode ser hereditária.

É mais comum em jovens no final da adolescência, apesar de surgir ao longo de outras idades também. Alguns dos sinais e sintomas mais comuns são alucinações, alterações comportamentais, delírios, pensamento desorganizado, alterações do movimento ou afeto superficial, por exemplo.

2 – Transtornos alimentares

A Anorexia nervosa é uma doença caracterizada pela perda de peso intencional provocada pela recusa à alimentação, distorção da própria imagem e medo de engordar. Já a Bulimia consiste em comer grandes quantidades de comida e, em seguida, nas tentativas de eliminar as calorias de formas prejudiciais, por exemplo, induzindo o vômito, usando laxantes, praticando exercícios físicos intensos ou através do jejum prolongado.

Os distúrbios alimentares são comuns em jovens e têm sido cada vez mais frequentes por causa da cultura de valorização estética.

Apesar da Anorexia e Bulimia serem os mais conhecidos, outros problemas relacionados à alimentação incluem a Ortorexia – preocupação excessiva por comer alimentos saudáveis -, a Vigorexia – obsessão pelo corpo musculoso -,  e a compulsão alimentar.

3 – Estresse pós-traumático

O estresse pós-traumático é a ansiedade que surge após um indivíduo ser exposto à alguma situação, como um assalto, uma ameaça de morte ou perda de um ente querido, por exemplo.
Geralmente, a pessoa afetada revive persistentemente o ocorrido, com recordações ou sonhos, e apresenta intensa ansiedade e sofrimento psicológico durante a doença.

4 – Somatização

A somatização(que se difere de doenças psicossomáticasé um transtorno no qual a pessoa apresenta múltiplas queixas físicas, referentes a diversos órgãos do corpo, mas que não são explicadas por nenhuma alteração clínica. Geralmente, elas vão constantemente ao médico e durante a avaliação, exame físico e realização de exames, nada é detectado.

Na maioria dos casos, pessoas com transtorno de somatização exibem ansiedade, alterações no humor e impulsividade. Quando, além de sentir, a pessoa chega a simular ou provocar intencionalmente sintomas, a doença passa a ser chamada de transtorno factício.

5 – Transtorno bipolar

O transtorno bipolar é a doença psiquiátrica que provoca oscilações imprevisíveis no humor, variando entre depressão, que consiste em tristeza e desânimo, manias, impulsividade e característica excessivamente extrovertida.

6 – Transtorno obsessivo-compulsivo

Também conhecido com o TOC, esse transtorno provoca pensamentos obsessivos e compulsivos que prejudicam a atividade diária da pessoa, como exagero em limpeza, obsessão por lavar as mãos, necessidade de simetria ou impulsividade por acumular objetos, por exemplo.

 

Gostaram desta publicação, querem saber mais?
Deixe nos comentários e assine nossa newsletter!